Páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Um copo vazio está cheio de ar

Tudo certo?
Ou errado?
Com seus altos e baixos
A vida no geral é bem conturbada
Cheia ou vazia?
O palavras fran.cas anda assim...

Duvidoso
Duvidando
Seco
Vazio
Parado.

Produzo fora daqui...

Volta e meia
Talvez volte
Pra contar por que sumi
Quanto disso utilizei
Quanto disso aprendi.


"Uma metade cheia, uma metade vazia
Uma metade tristeza, uma metade alegria
... 
é sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar".

Chico Buarque

6 comentários:

Nelson L. Rodrigues disse...

Parabéns pelo blog consciente.

Razek Seravhat disse...

Seu poema embora pareça vazio, respira um copo vazio, ou seja está cheio. Eu só não sei precisar de que.

Ternura sempre!

Se quiser conheça o voo da esperança...

Janaína disse...

Divago devagar. Mas não paro.
Há silêncio em mim.
E silêncio já é muita coisa.

Gostei de você. To seguindo!

reflexão disse...

Seu blos está muito legal.
Está muito bonito.
Não está vazio.
Está repleto de sentimetos.
Ou está cheio de vazio.
Sendo que o vazio exite
Então não está vazio!

Fred Caju disse...

É tudo conturbado; é tudo conurbado: cheio de vazio.


Muito, muito, muito interessante o seu espaço.

BAIRON disse...

Haha! Eu ja fui colega dessa guia tchê!!!

Postar um comentário

 
Header Image by Colorpiano Illustration